Já saiu o Jornal do STAL n.º 121

Jornal121 b426a A edição n.º 121 do Jornal do STAL, de Janeiro de 2022, tem como principais destaques as eleições Legislativas marcadas para o próximo dia 30 - com o destacável "Votar é decidir e lutar!" -, e nas quais se irão eleger os deputados à Assembleia da República para os próximos quatro anos; assim como a luta dos trabalhadores a decorrer nas empresas do grupo EGF; o abaixo-assinado promovido pela Frente Comum pela redução dos descontos para a ADSE; e assinala o centenário de José Saramago.

Boa leitura!

 

Ver jornal

 
Se não recebe o Jornal do STAL actualize aqui a sua morada.

 

Ler mais...

Palavras bonitas não pagam as contas

COM AdP eec05 A LUTA DOS TRABALHADORES DO GRUPO ÁGUAS DE PORTUGAL

 Sem a luta dos trabalhadores, os seus problemas não se resolvem! As “palavras bonitas” e os “elogios baratos” não fazem crescer os salários, nem pagam as contas do dia-a-dia de quem trabalha! E o discurso da administração, desarticulado da realidade, é certamente inspirado na “Alice no País das Maravilhas”, já que, na prática, o que os trabalhadores têm é “uma mão cheia de nada”!

Este Conselho de Administração (CA) está em funções desde Maio de 2020, pelo que não se pode descartar das diversas iniciativas que o STAL e a Fiequimetal promoveram, dos ofícios enviados, da greve realizada pelos trabalhadores em 11 de Junho de 2021, e, muito menos, das responsabilidades da empresa que já existiam antes da sua tomada de posse.

Após a assinatura do Acordo Colectivo de Trabalho (ACT) – conforme consta em acta assinada por ambas as partes, para a definição de carreiras e dos conteúdos funcionais – e até hoje, em nenhum momento existiu, por parte da AdP, vontade de cumprir com o acordado em 2 de Agosto de 2018, e muito menos com a aplicação do ACT.

Ver comunicado

Ler mais...

Adesão de 90% na greve dos trabalhadores da recolha de resíduos urbanos em Santarém

WhatsApp Image 2021 24a91TRABALHADORES DO DEPARTAMENTO DE AMBIENTE, SUSTENTABILIDADE E ESPAÇO PÚBLICO

Os trabalhadores do Departamento de Ambiente, Sustentabilidade e Espaço Público da Divisão de Ambiente e Sustentabilidade, na Câmara Municipal de Santarém, cumprem dois dias de greve a 27 de Dezembro e 3 de Janeiro.

Os trabalhadores em greve exigem o pagamento dos retroactivos (Janeiro e Fevereiro) do Suplemento de Penosidade e Insalubridade.

O diferendo com autarquia, que se recusa a pagar, já se arrasta desde Abril e os trabalhadores estão fartos de esperar e querem receber o que lhes é devido, a exemplo do que inúmeras autarquias cumpriram por todo o País.

Os trabalhadores decidiram ainda aderir à greve às horas extraordinárias.

Votos dos trabalhadores das autarquias para 2022

Votos a335bSTAL ASSINALA ÁRVORES POR TODO O PAÍS

O STAL iniciou, na primeira quinzena de Dezembro, uma acção nacional com os «Votos dos trabalhadores para 2022», com a decoração de árvores nas principais praças do País.

Inserida na quadra festiva que atravessamos a iniciativa visa dar expressão pública à exigência de respostas aos problemas dos trabalhadores da Administração Local e Regional, destacando-se dez principais reivindicações: Aumento de 90€ para todos; salário mínimo nacional de 850€; Subsídio de refeição de 7,50€; Aumento das pensões de aposentação e de reforma; Descongelamento da progressões e promoções; Suplemento de Insalubridade Penosidade e Risco; Revogação do SIADAP; ADSE pública e solidária; 35 horas para todos os trabalhadores; 25 dias de férias majorações.

O próximo ano será certamente de luta pela melhoria das condições de vida e de trabalho e pela exigência de soluções para os problemas, luta que os trabalhadores também irão travar nas urnas já no próximo dia 30 de Janeiro.

Ver fotos

Festas Felizes e um Bom Ano 2022

DIGNIFICAR O TRABALHO E OS TRABALHADORES

No difícil contexto sanitário vigente nos últimos dois anos, devido à pandemia da Covid-19, ficou evidente a importância dos trabalhadores dos sectores essenciais da Administração Pública – com destaque para os da Administração Local e Regional – para garantir serviços públicos essenciais às populações, nomeadamente o Serviço Nacional de Saúde, bem como as áreas das águas, resíduos e higiene urbana, protecção e socorro da população e transportes públicos, reafirmando-se assim estes como elementos fundamentais na resposta concreta às necessidades básicas da comunidade e do País.

Daí que os trabalhadores da Administração Local e Regional, unidos em torno do STAL, reafirmam para 2022 a sua justa e urgente valorização através do aumento real dos salários, nomeadamente de 90 euros para todos e de um salário mínimo de 850 euros.

Ler mais...

Frente Comum entrega «Votos dos Trabalhadores» ao Governo

Os trabalhadores da Função Pública levaram reivindicações em forma de presentes para a árvore de Natal no Rossio, em Lisboa, numa acção promovida pela Frente Comum para exigir o aumento dos salários, o reforço de trabalhadores e melhorias nos serviços públicos.

O STAL marcou presença na iniciativa, que contou com a presenta de dezenas de dirigentes sindicais, que entoaram cânticos “natalícios” alusivos às principais reivindicações dos trabalhadores da Administração Pública, designadamente, a dignificação das funções sociais do Estado, o aumento do subsídio de alimentação, a reposição dos 25 dias de férias e a redução das contribuições para a ADSE.

Ver fotos

Plenário dos trabalhadores da Amarsul aprovam novas acções de luta

WhatsApp Image 2021 12 09 at 12.31.29 1 edit m 287a1QUINTA-FEIRA, DIA 9, NO ECOPARQUE DE PALMELA

Na sequência da greve de cinco dias na Amarsul, os trabalhadores agendaram para esta quinta-feira (dia 9) um plenário geral, que decorreu no Ecoparque de Palmela, na sede da empresa.

No plenário de trabalhadores foi discutida e aprovada uma resolução que, de seguida, foi entregue à administração da Amarsul, empresa do Grupo Mota-Engil.

Ver fotos

Ler mais...

AvaliacaoDesempenho 01 2f41f