Noção (art.º 223º, art.º 224º)
Considera-se trabalho nocturno o prestado num período que tenha a duração mínima de sete horas e máxima de onze horas, compreendendo o intervalo entre as 0 e as 5 horas.
Na ausência de fixação por IRCT, considera-se período de trabalho nocturno o compreendido entre as 22 horas de um dia e as 7 horas do dia seguinte.
Considera-se trabalhador nocturno o que presta, pelo menos, três horas de trabalho normal nocturno em cada dia ou que efectua durante o período nocturno parte do seu tempo de trabalho anual correspondente a três horas por dia, ou outra definida por IRCT.

Retribuição (art.º 266º)
O trabalho nocturno é pago com acréscimo de 25 % relativamente ao pagamento de trabalho equivalente prestado durante o dia. Este acréscimo pode ser substituído, mediante IRCT, por redução equivalente do período normal de trabalho ou aumento fixo da retribuição base, desde que não importe tratamento menos favorável para o trabalhador.

Pin It
Trabalhadores votam contra Orçamento do...
Qua., Nov. 29, 2023
Luta do STAL garante aumentos superiores a...
Sex., Nov. 24, 2023
Frente Comum reafirma exigências da...
Ter., Nov. 21, 2023
STAL solidário com luta dos trabalhadores...
Qui., Nov. 16, 2023
STAL exige intervenção da ACT nos locais de...
Qua., Nov. 15, 2023
Trabalhadores exigem aumento dos salários e...
Sáb., Nov. 11, 2023
Pelo aumento dos salários e pensões!
Sex., Nov. 10, 2023
Solução defendida pelo STAL adoptada pelo...
Sex., Nov. 03, 2023
Autarquias e serviços municipais...
Dom., Out. 29, 2023
Recolha do lixo paralisada ao início da noite
Sex., Out. 27, 2023
Protesto público contra destruição de...
Ter., Out. 24, 2023
É urgente valorizar os salários e garantir...
Qua., Out. 18, 2023
24 OUT | Tribuna Pública em defesa dos...
Qua., Out. 18, 2023
STAL denuncia tentativa de extinção de...
Qua., Out. 18, 2023
STAL apela ao fim imediato da violência, ao...
Qua., Out. 18, 2023
27 Outubro | Greve nacional da...
Qua., Out. 18, 2023