Câmara de Sintra ameaça trabalhadores

LutaSintra a6721MUNICÍPIO APOSTA NUMA POLÍTICA DE TERROR

A Direcção Regional de Lisboa do STAL, em nota enviada à imprensa, denúncia que "a Câmara Municipal de Sintra, presidida por Basílio Horta, está a tornar públicos vários despachos do próprio com medidas disciplinares aos trabalhadores, quer por via da internet, na sua página oficial, quer por via da intranet, no programa de gestão documental, acessível a todos os trabalhadores que têm acesso a computador naquela Edilidade.

Estes trabalhadores e qualquer cidadão têm acesso à informação quer de processos disciplinares a decorrer, quer à informação de que há intenção de levantar processo disciplinar, chegando mesmo a identificar os trabalhadores alvos destas medidas.

O STAL entende que esta é mais uma inqualificável manobra de intimidação aos trabalhadores, numa altura em que os mesmos já se encontram com muitas dificuldades por via das políticas levadas a cabo por este Governo.

O STAL tudo fará para denunciar e travar estas políticas terroristas que lembram os tempos do fascismo e não admitirá que os trabalhadores sejam confrontados com processos disciplinares ou intenções de levantamento de processos a colegas que não têm outro objectivo que não seja o "dar o exemplo" e tentar fazer recuar os trabalhadores nas suas justas reivindicações."

STAL-Informa

Subscreva aqui a Newsletter e receba regularmente informação do STAL.

Partilhe connosco as suas preocupações