Trabalhadores da Administração Pública em protesto

Muitos milhares de trabalhadores desfilaram hoje, 14 de Março, pelas ruas de Lisboa, em defesa das 35 horas, dos salários, do emprego, dos direitos laborais, do Poder Local de Abril, dos Serviços Públicos e da Democracia.

Os trabalhadores da Administração Pública exigem o fim deste governo e das políticas de direita, com a imediata reposição de tudo o que foi roubado aos trabalhadores. Mais uma vez nas intervenções ficou patente que a luta vai continuar por um novo governo e novas políticas, que retomem a democracia, o respeito pela liberdade, o emprego com direitos, na reconstrução do Portugal de Abril.

Esta manifestação foi antecedida de uma concentração, em que milhares de trabalhadores das autarquias à porta do Ministério das Finanças, exigiram o cumprimento da constituição, no respeito pela autonomia do Poder Local e da Contratação Colectiva.

Na concentração foi aprovada uma resolução entregue por uma delegação do STAL, à Ministra das Finanças e ao Secretário de Estado da Administração Pública.

Os trabalhadores da Administração Local deixaram bem patente a sua firmeza na luta contra as 40 horas e contra o bloqueio da contratação colectiva na Administração Local.

Ver resolução entregue

STAL-Informa

Subscreva aqui a Newsletter e receba regularmente informação do STAL.

Partilhe connosco as suas preocupações