STAL denuncia assédio laboral nos Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo

BombSapadores 0dd26SINDICATO APRESENTA QUEIXA JUNTO DA INSPECÃO-GERAL DAS FINANÇAS

O Sindicato repudia o comportamento reiterado, discriminatório, prepotente e humilhante do actual comandante da corporação dos Bombeiros Sapadores, e está também a preparar uma acção judicial contra o Município e o comandante, que tem promovido um inaceitável clima de hostilidade psicológica junto dos trabalhadores, colocando em risco o equilíbrio emocional destes, com consequências para a operacionalidade deste corpo de bombeiros, e para a prestação do serviço às populações.

A Direcção Regional do STAL de Viana do Castelo apresentou, no passado dia 12, uma denúncia junto da Inspecção-Geral de Finanças (IGF), das situações de assédio laboral que alguns trabalhadores afectos ao corpo de Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo são vítimas por parte do actual comandante deste serviço municipal, que manifesta, de forma reiterada e há anos, atitudes de autoritarismo e prepotência.

Ler mais...

Bombeiros sapadores e municipais protestam amanhã em Lisboa

190412 Com7 Bombeiros 350f9
POR UM REGIME DE CARREIRAS JUSTO, EM DEFESA DO ESTATUTO DE APOSENTAÇÃO

Dirigentes, delegados e activistas sindicais do STAL e do STML promovem amanhã, na Praça do Comércio, junto à Secretaria de Estado, pelas 11h30, uma acção de protesto para exigir uma reunião sobre a proposta do regime de carreiras e do estatuto da aposentação dos bombeiros profissionais.

Ler mais...

STAL protesta contra exclusão do «Prós e Contras»

190117 ProtestoBombeiros2 600px BOMBEIROS PROSSEGUEM A LUTA CONTRA O NOVO ESTATUTO

Ao tomar conhecimento de que não constava entre os convidados da emissão do programa televisivo «Prós e Contras», que será hoje, segunda-feira, 28, emitido na RTP1, o STAL manifestou o seu protesto à jornalista, Fátima Campos Ferreira, que conduz a emissão, por tal clamorosa exclusão.

Ler mais...

Concentração de Bombeiros Profissionais

A LUTA VAI CONTINUAR!

Centenas de bombeiros protestaram hoje, 17 de Janeiro, em frente à Presidência do Conselho de Ministros, numa acção convocada pelo STAL, pelo direito a uma carreira digna e contra o aumento da idade de aposentação.

Na iniciativa ficou claro que a luta vai continuar e que os bombeiros profissionais não vão baixar os braços enquanto o governo não deixar cair este diploma que põe em causa a dignidade dos bombeiros profissionais e o socorro vital que prestam à população.

Ver Resolução Aprovada

  • Legislação relativa à Protecção Civil e Bombeiros